Da Teoria para a Prática. Integridade e coerência para fazer acontecer com Wolfgang Rowell | Luming

Ouça esse episódio ⇲

 

Momentos marcantes da entrevista

    • “Astronomia é uma mágica, e me tira da mesmice. Um brilho que me impulsiona a querer mais.”
    • “Sempre busquei aplicar o conhecimento adquirido pelo estudo em prática.”
    • “Tudo leva tempo; nada é fácil. Essa jornada é difícil, e é preciso achar motivação para continuar.”
    • “O empreendedor precisa entender a diferença entre gerar valor e se apropriar dele. ”
    • “Me dei conta: preciso convencer pessoas ligadas a fundos de investimento de que transformar a matriz energética do Brasil é viável, é seguro, e podemos fazer isso hoje no Brasil.”
    • “Quando tomamos uma decisão, fazemos sempre um trade-off: não se pode ganhar sem pôr nada em risco.”
    • “Felicidade é quando o que você pensa, diz e faz estão em harmonia.”
    • “Você descobre no caminho a força que você tem para atingir os seus objetivos.”
    • “A Força não vem da capacidade física, ela vem de uma vontade inabalável.” ~ Gandhi
    • “Uma das coisas que mais me fez como pessoa foi desenvolver a resiliência: olhar prá trás, para onde estou e para onde estou indo, e me sentir confortável com o desconforto.”
    • “Falhar é momentâneo; desistir é para sempre.”
    • “Prefiro pensar em termos de “momentos mais difíceis”, que são aqueles que você precisa descobrir a sua real força para seguir adiante.”
    • “Empreendedor: assuma a responsabilidade. Se hoje você ainda não está onde você quer, é porque você tomou decisões erradas. Você precisa refletir onde errou, e refinar.”
    • “Três passos para o autoconhecimento: olhar em volta, olhar para dentro, e olhar para a frente.”
    • “O líder inventa um mundo paralelo, convence a todos que aquilo é real, e todo mundo ajuda a construir.” ~ Jason Silva
    • “Faça agora o que daqui a um ano gostaria de ter iniciado hoje.”
    • “Minha inspiração para empreender: a possibilidade, a transformação da realidade: convencer as pessoas de que aquilo é possível, dar esse passo e construir.”
    • “Enxergue valor na jornada.”
    • “O que você faz no escuro é o que te coloca nos holofotes.”

 

Dicas e Aprendizados

 

    • Qual é sua maior competência? Desenvolvimento técnico e lógico, e a criatividade: estudar e rapidamente ganhar proficiência em um novo assunto, e criar novas soluções e valor na prática a partir disso.
    • O que os nossos ouvintes não sabem mas deveriam saber sobre essa competência? O empreendedor precisa entender a diferença entre gerar valor e se apropriar dele.
    • Qual o problema que a Luming resolve? Como transformou uma de suas idéia em algo real, de sucesso? Na minha experiência como gestor de projetos na Gerdau, notei que muitos projetos de eficiência energética tinham indicadores (como tempo retorno) muito bons, mas não eram executados: perdiam na fila para projetos de expansão do core business. No início, isso me irritava. Passei a estudar artigos do assunto. Li um artigo do JP Morgan que perguntava aos tomadores de decisão: o que impede a sua empresa de investir em projetos energéticos? As razões mais citadas eram: disponibilidade de caixa; tempo de retorno do investimento; falta de conhecimento técnico ou de alguém que tome a responsabilidade. Em contato com o setor privado, observei que era possível causar impacto de trinta a cinquenta por cento do custo da matriz energética. Me dei conta: preciso convencer pessoas ligadas a fundos de investimento de que transformar a matriz energética do Brasil é viável, é seguro, e podemos fazer isso hoje no Brasil. Nosso solução para o problema: investir o mínimo enquanto gera o maior valor para o cliente, e retornar esse investimento o mais rápido possível. Desenvolvi conhecimento sobre importação: como trazer equipamentos de forma legal o mais barato possível para minimizar o risco do cliente. Nosso modelo completo é a solução financeira (estrutura de capital), a solução técnica (responsabilidade e coordenação) e a verticalização da importação e logística para resolver esses problemas.
    • Sobre a sua grande virada – transicionar do mundo corporativo para o empreendedorismo – o que é importante para os nosso ouvintes saberem para aplicar de forma simples? Quando tomamos uma decisão, fazemos sempre um trade-off: não se pode ganhar sem pôr nada em risco. Me imaginei continuando dez anos onde estava: bem, mas não estaria feliz. Primeiro ponto: coerência e a busca da felicidade. Felicidade é quando o que você pensa, diz e faz estão em harmonia. Não adiantava viver internamente o mundo e estar aplicando o mundo – isso seria estressante demais, e até desonesto com a empresa. Segundo: paixão e coragem para arriscar. Trocar pela não-certeza, o fio na barriga. Você descobre no caminho a força que você tem para atingir os seus objetivos. Gandhi diz: “A Força não vem da capacidade física, ela vem de uma vontade inabalável”. Uma das coisas que mais me fez como pessoa foi desenvolver a resiliência: olhar prá trás, para onde estou e para onde estou indo, e me sentir confortável com o desconforto.
    • Qual o seu pior momento como empreendedor? Qual a grande lição desse momento? Prefiro pensar em termos de “momentos mais difíceis”, que são aqueles que você precisa descobrir a sua real força para seguir adiante. Com o passar do tempo, você começa a entender que as coisas não acontecem na velocidade que você quer.
    • Como você fez pra superar esses momentos difíceis? Três passos para o autoconhecimento: olhar em volta, olhar para dentro, e olhar para a frente. Perguntar-se: onde estou errando? Esse é um grande ponto para o empreendedor: assuma a responsabilidade. Se hoje você ainda não está onde você quer, é porque você tomou decisões erradas. Você precisa refletir onde errou, e refinar. Talvez você esteja interpretando errado o seu entorno, ou contando a história da mesma forma para todos, e não aprendeu que precisa contar de um pouco diferente. A resiliência e a paciência vem desses pontos: entender como prevenir os erros voltarem a acontecer. A resiliência e a paciência vem desses pontos: entender como prevenir os erros voltarem a acontecer.

 

  • Jogo Rápido

     

    • O que lhe inspirou a empreender? Descoberta e transformação da realidade. Me desafiar. Será que eu posso fazer isso? Pode. Jason Silva diz: o líder inventa um mundo paralelo, convence a todos que aquilo é real, e todo mundo ajuda a construir.
    • Qual a dica mais valiosa que você já recebeu? “Seja a pessoa que menos sabe na mesa.” Você estará sempre com o brilho no olho, evoluindo rápido ao colocar a régua à frente.
    • Qual hábito pessoal e diário que mais contribui para o seu sucesso? Sede pelo aprimoramento contínuo. “Faça agora o que daqui a um ano gostaria de ter iniciado hoje”.  
    • O que você como empreendedor não pode viver sem? Sem objetivos claros.
    • Quem é a pessoa que você utilizou como modelo ou inspiração ao longo da sua trajetória? Duas referências: uma próxima e outra mais platônica. Minha referência próxima é o meu pai: fluente em sete idiomas, conheceu o mundo, muito respeitado por ser íntegro e por sua habilidade técnica. A minha referência distante é o Richard Branson: fundador da Virgin, irreverente e autêntico, que percebeu que é mais importante inspirar pessoas do que seguir o modelo de empreendedor “certinho”.
    • Dica de uma ferramenta ou recurso online para empreendedores: O livro “Get Things Done”, um fluxo rápido para organizar e priorizar a lista de tarefas, mantendo foco e produtividade.
    • Dica de um livro, filme, site ou curso para nosso público empreendedor e por quê. Filme: “Fome de Poder” me fez aprimorar o modelo de negócios da Luming. Curso Tranformations da Flag.cx, imersão de um final de semana.
    • Hoje, pelo que você é mais entusiasmado? O que te motiva a continuar sua carreira empreendedora? Minha inspiração para empreender: a possibilidade, a transformação da realidade: convencer as pessoas de que aquilo é possível, dar esse passo e construir.
    • Dica de ouro para os nossos ouvintes: “Enxergue valor na jornada”. “O que você faz no escuro é o que te coloca nos holofotes.”

 

Recursos mencionados

 

 

Conecte com Wolf nas Redes Sociais

 


Wolfgang Rowell (Luming Eficiência Energética) é entusiasta do desconhecido, fascinado por astronomia e astrofísica, fundador da Luming Inteligência Energética – empresa com foco em projetos turn-key de geração de energia – na sequência da experiências corporativas na Dell e na Gerdau. Wolf é Engenheiro Mecatrônico com especialização em Lean Manufacturing, energias renováveis e eficiência energética. Converse e conecte diretamente com o Wolf na Comunidade Octanage

 

 

  • Patrocinadores

    Rocket.Chat – é uma plataforma de chat open source criado em 2015. Utilizado, principalmente, por empresas e organizações nacionais e internacionais, hoje o Rocket.Chat já está instalado em mais de 100 mil servidores, e com mais de 10 milhões de usuários.
    
    É uma ótima solução para as comunidades e as empresas que desejam hospedar o seu próprio serviço de chat ou para desenvolvedores que queiram construir e desenvolver suas próprias plataformas de bate-papo. Acesse Rocket.chat e conheça mais.

 

  • Entrevistas e Dicas Práticas para Empreender

Assine grátis. Juramos pela bandeira nacional: de nós você não receberá spam!

Assine a newsletter do Octanage

 

  • Assine ao Podcast Grátis

Receba e ouça novos episódios diretamente no seu dispositivo.

Assine Octanage Podcast no Apple Podcast / iTunes      Assine Octanage Podcast no Android

 

♥ feedback. Escreva seu comentário abaixo!