Inspirando Pessoas e Empresas a Mudar o Mundo com Gui Massena | dobra (E048)

Inspirando Pessoas e Empresas a Mudar o Mundo com Gui Massena | dobra - Octanage Podcast E048

André Piazza entrevista Gui Massena: um cara que acredita que as empresas podem e devem ser um grande vetor de mudança na sociedade. Co-fundador da dobra, uma empresa que deixa o mundo mais aberto, irreverente e do bem. Graduado em gestão para inovação e liderança na Unisinos, esse palestrante do TEDx vem hoje aqui contar a sua história para inspirar você a transformar o mundo.


Ouça Este Episódio

Caso o episódio não esteja tocando, utilize uma das plataformas abaixo para escutá-lo.


Assine Grátis: Octanage no Spotify Octanage no Deezer Octanage no Apple Podcasts   Vídeos: Octanage Live no YouTube Encaminhe: 

Como Pensa Quem Acredita em Mudar o Mundo

Gui, O que lhe inspirou a empreender?
A vontade de mudar a realidade. Minha família batalhou muito pra que eu seja hoje um privilegiado, vieram do nada e construíram algo lindo através do empreendedorismo. Ao mesmo tempo que a gente vive reclamando da situação e não se envolve em nada. E a partir do momento que eu entendi que se eu quero mudar algo eu tenho que ser a mudança: empreendi.

Qual é a sua maior competência / expertise?
Acredito que seja liderança, só que mais no fator humano (não técnico). Sempre tive uma facilidade em me comunicar e participar de diversos círculos diferentes. Desde pequeno eu era muito ativo tanto no grupo dos “Boleiros”, quanto no dos “Nerds”; sempre gostei de ouvir sertanejo, mas gosto muito de punk rock; através dessa “Diversidade” de relacionamento adquiri uma capacidade de lidar com pessoas e conduzi-las a um mesmo propósito.

Baseado na sua competência / expertise: o que o público empreendedor não sabe, mas deveria saber?
Eu acho que a gente não deve empreender sozinho. Temos que convidar alguém pra sonhar esse sonho junto e tornar realidade. Na hora ruim é força, na hora boa é valor agregado. A competência e conhecimento de um fortalece a do outro, bem como as divergências fortalecem. Eu acho que algo muito importante para empreender e que poucos falam é não esperar que os outros façam aquilo que você faria, mas sim que dê o melhor dele. Isso é um exercício diário que temos que fazer e vale também pra “vida fora da empresa”.

'a partir do momento que eu entendi que se eu quero mudar algo eu tenho que ser a mudança: empreendi' - @guimassena_ #Empreendedorismo #dobra #Mudança #Transformação #Futurismo Twittar

O Que Precisou Superar para Formar um negócio aberto e irreverente

Qual o seu momento mais difícil como empreendedor?
A primeira (e única) vez que tive que demitir alguém. Fazer a primeira demissão numa empresa que (tenta) aplicar autogestão com 20 pessoas que fica numa cidade pequena no interior do rs onde todos se conhecem/tem alguma relação fora da empresa é mais complicado ainda. Toda a humanização que temos na dobra, os vínculos, a operação em si, fizeram com que eu sentisse que estava “Acabando com a vida” de alguém. A decisão final não dependia só de mim ou do dudu, fundadores da empresa, como seria numa empresa tradicional, mas sim das pessoas que trabalham conosco. Sério, foi horrível!

Como você superou essa dificuldade?
Não sei se foi um erro ou um acerto, mas tenho certeza que foi um aprendizado. Operar na lógica da autogestão exige que saibamos lidar com pessoas, com sentimento, com cobrança, com decisões que não dependem só da gente e várias coisas que não somos nenhum pouco educados para viver. Por isso a gente aprende muito mais na prática a lidar com esses fatores. Pra superar isso vimos muitos vídeos e lemos sobre autogestão, além de entrar em contato com pessoas que lidam diariamente com ela. Conexão é tudo, inclusive na hora de pegar essas dicas em momentos difíceis. Foi algo feito 100% pensando no futuro e crescimento da dobra.

E o Futuro?

Hoje, pelo que você é mais entusiasmado? Qual a sua grande motivação para seguir empreendendo?
Quero deixar um legado. Quero fazer parte da mudança. Quero ser a mudança. E não quero fazer isso sozinho, quero pessoas que eu acredito e que acreditem nessa mudança pra construir junto o futuro. E como falei ali no início, empreender é ser vetor escalável de mudança!

'Quero deixar um legado. Quero ser a mudança. E não quero fazer isso sozinho: quero pessoas que eu acredito e que acreditem nessa mudança pra construir junto o futuro!' - @guimassena_ #Empreendedorismo #dobra #Mudança #Transformação… Twittar

Dicas do Guilherme Massena para Empreender na Era Digital

Vivência

  • Qual hábito pessoal e diário que mais contribuiu para o seu sucesso? Não sou um cara de hábitos, mas tô sempre de olho nas redes sociais de outros empreendedores e isso gera muitos insights pra aplicar na dobra!
  • O que você como empreendedor não pode viver sem? 3G/4G. Eu tenho que estar comunicável, mesmo que esteja de férias. Fico muito nervoso se não sei o que está acontecendo.
  • Quem é a pessoa que você utilizou como modelo ou inspiração ao longo da sua trajetória? São tantos… meu pai é um dos principais e ele merece essa homenagem. Comprou uma relojoaria em 1992 somente por gostar de relógios e entender de contabilidade. O resto foi aprendizado diário e sempre me ensinando muito! Desde cedo falava dos desafios de lidar com pessoas.

Dicas

  • Dica de app, ferramenta ou recurso online para empreendedores e por quê. Google Agenda. Acho que é um pequeno passo pra organização da agenda, dos compromissos, das tarefinhas. A partir do uso dele a gente migra pro Asana, Trello, etc. Mas o Google Agenda mudou minha vida (risos)
  • Dica de livro e seriado para nosso público empreendedor e por quê. Não sou muito de ler, não consigo me prender. Mas tem 2 livros que foram e são muito importantes pra mim: “Vai Lá e Faz” do Tiago Mattos e “Reinventando as Organizações” do Frederic Laloux. Empreender na era digital exige que saibamos sobre os conceitos falados nesses 2 livros. Gosto muito de séries e indico Peaky Blinders, que conta sobre o crescimento de uma gangue inglesa nos anos 1920.
  • Qual a dica mais valiosa que você já recebeu? Vai lá e faz. Bem simples e direto. Ir e fazer é o melhor jeito de saber se vai dar certo.
'E como falei ali no início, empreender é ser vetor escalável de mudança!' - dica do @guimassena_ falando sobre #Empreendedorismo #dobra #Mudança #Transformação #Futurismo Twittar

Sheryl Sandberg, COO do Facebook, Menciona a DOBRA e os fundadores

Recursos Mencionados na Entrevista

      • Livros

Vai Lá e Faz” do Tiago Mattos
Reinventando as Organizações” do Frederic Laloux
      • Vídeos

      Empresas como Vetores de Mudança Social | Guilherme Massena | TEDxUnisinos
      dobralab #1 – o laboratório da dobra: testamos os produtos em várias situações, será que resistem?
      Série Peaky Blinders (trailer)

      Conecte com o Gui nas Redes Sociais

      Gui Massena (dobra): um cara que acredita que as empresas podem e devem ser um grande vetor de mudança na sociedade. Co-fundador da dobra, uma empresa que deixa o mundo mais aberto, irreverente e do bem. Graduado em gestão para inovação e liderança na Unisinos, esse palestrante do TEDx vem hoje aqui contar a sua história para inspirar você a transformar o mundo. Converse e conecte diretamente com o Gui na Comunidade Octanage.


    • Encaminhe esse Episódio via WhatsApp

      Encaminhe esse conteúdo para seus contatos e grupos no WhatsApp.

      Encaminhe esse episódio do Octanage via WhatsApp


      A Cada Semana um Novo Episódio

      de Sabedoria e Inspiração para Empreender

      Assine grátis ao nosso newsletter. Juramos pela bandeira nacional: de nós você não receberá spam!

      Assine a newsletter do Octanage


      Assine Grátis ao Podcast

      Receba e ouça novos episódios diretamente no seu dispositivo.

      Assine Octanage Podcast no SpotifyAssine Octanage Podcast no Deezer
      Assine Octanage Podcast em Outros Apps de PodcastAssine Octanage Podcast no Apple Podcast / iTunes

      Patrocina Este Episódio

      Rocket.Chat Logo no Octanage

      Rocket.chat é uma plataforma de chat open source servindo uma comunidade com mais de 10 milhões de usuários em empresas e organizações no Brasil e no exterior.


♥ feedback. Escreva seu comentário abaixo!